O Maior Pecador do Mundo

[Por: Joseph Caryl]

“Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.” 2Coríntios 5.21

“Deus “o fez pecado por nós”, ou seja, fez dele um sacrifício pelo pecado. O sacrifício foi chamado de “pecado”, porque o pecado de quem trazia a vítima, e em lugar de quem era oferecida, era posto sobre o sacrifício. Era como se o pecado fosse transferido da pessoa para o sacrifício. Nesse sentido, é que se deve entender o que Lutero afirmou, quando disse que “Jesus Cristo foi o maior pecador que já houve no mundo”; não porque tivesse qualquer pecado em sua natureza ou em sua vida, mas porque recebeu sobre si os pecados de quantos são ou serão salvos. Como falou o profeta: “o SENHOR fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos” (Isaías 53.6). Não há expiação pelo pecado, exceto mediante sacrifício. Por isso o SENHOR ordenou o oferecimento do holocausto para a remoção do pecado, para que os pecadores pudessem ver o que mereciam, inclusive morrer. E não somente para isso, mas para que a oferta fosse totalmente consumida no fogo da sua ira. Os pecadores impenitentes serão consumidos no fogo que nunca se extinguirá, nem jamais os consumirá totalmente. Eles permanecerão na morte eterna, ou numa vida que morre continuamente. Aqueles que não descansam no sacrifício de Cristo, oferecido de uma vez para sempre, eles terão de ser o sacrifício para si mesmos, oferecido continuamente para a justiça e a ira de Deus.”
___________________________________________________________________