Adoração

[Por: J.C.Ryle]

A adoração do cristão deve ser dirigida a Deus pela mediação de Cristo, somente.

“Está escrito com clareza: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim [Cristo]” (Jo 14.6). Está dito a respeito dos cristãos que eles são pessoas que “se chegam a Deus” por meio de Cristo (Hb 7.25). O Ser todo-poderoso com quem temos de nos relacionar é um Deus de amor, bondade, misericórdia e compaixão infinitos. “Deus é amor”, mas também é verdade que Ele é um Ser de justiça, santidade e pureza infinitas, um Ser que tem ódio infinito para com o pecado e não pode tolerar o que é mau. Ele é o mesmo Deus que expulsou os anjos do céu, destruiu o mundo com um dilúvio e queimou totalmente Sodoma e Gomorra. Aquele que presume negligentemente que pode se aproximar de Deus sem a expiação e o Mediador que Deus designou, descobrirá que sua adoração é vã. “O nosso Deus é fogo consumidor” (Hb 12.29).”
___________________________________________________________________
J.C.Ryle – Adoração, Prioridade, Princípios e Prática – Editora Fiel