Os deveres dos pais para seus filhos

[Por: Cotton Mather]

Porque eu o tenho conhecido, e sei que ele há de ordenar a seus filhos e à sua casa depois dele, para que guardem o caminho do Senhor, para agir com justiça e juízo; para que o Senhor faça vir sobre Abraão o que acerca dele tem falado.” [Gênesis 18:19]

“…Seu exemplo pode fazer muito no sentido da salvação de seus filhos, suas obras irão trabalhar mais sobre seus filhos do que suas palavras; seus padrões farão mais do que seus preceitos; sua imitação mais do que seus conselhos.

O que foi dito aos Pastores, em Tito 2:2, pode com muita justeza ser dito aos pais: “Em todas as coisas mostra-te padrão de boas obras”; e em 1 Timóteo 4:12: “Sê o exemplo na palavra, no trato, na caridade, no espírito, na fé, na pureza”.

Será impossível a você inspirar qualquer bem em seus filhos, se você mesmo está vazio do bem. Se um caranguejo velho anda para trás, não faz sentido que o jovem ande para frente: Senhores, os jovens seguirão os velhos.

Você tem seus filhos principalmente em ordem com o temor e a fé em Deus? Pense nessa passagem, em Atos 10:2: Cornélio era um homem “piedoso e temente a Deus, com toda a sua casa”.

Pense nessa passagem, em Atos 18:8: Crispo “creu no Senhor, com toda a sua casa”.Parece que, a casa inteira, é algo como [os filhos] fazerem o que os pais fazem. Isto é o que Agostinho diz, num lamento comum: Nolumus esse meliores quam patres, não seremos melhores do que nossos pais: se os pais fizerem bolos à Rainha dos Céus, os filhos acenderão as fogueiras.

Justino, o Mártir, indaga em certo lugar por que o profeta Eliseu imprecou a vingança do céu sobre as crianças que zombavam dele, quando as crianças dificilmente se dariam conta do que estavam fazendo? E ele responde: Os filhos aprenderam sua linguagem perversa com seus pais, e agora Deus puniu a ambos de uma só vez.

Pais, não deixem que seus filhos vejam coisa alguma em vocês, exceto aquilo que é recomendável e digno de imitação. Tornem-se capazes de dizer à suas crianças: Meu filho, me siga, como você me vê seguir a Cristo.

Deixe a eles sua seriedade, e sua clemência, e seu zelo, e sua santificação do Dia do Senhor por ensino de como eles devem andar e agradar a Deus. “Dirija-os” bem; “Mostre” como se faz!.”…
___________________________________________________________________
Cotton Mather – The duties of parents to their children
Fonte – Monergismo
Tradução – Márcio Santana Sobrinho