O que é a Paz?

[Por: Thomas Adams ]
.
“…vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco.”… [2 Coríntios 13:11]
.

“…A PAZ é filha da justiça e a mãe do conhecimento; a enfermeira das artes, e a melhoria de todas as bênçãos. É deleitável a todos que a experimentam, rentável àqueles que a praticam; para aqueles que procuram por ela, amável, para os que a apreciam, um inestimável benefício. O edifício do cristianismo não conhece outros materiais. Se olhar para a própria igreja, não há um só corpo; se sobre a alma dela, não há um só Espírito; se sobre a sua doação não há uma só esperança; se sobre a sua cabeça, não há um só Senhor, se sobre a sua vida, não há uma só fé, se sobre sua porta, não há um só batismo, se o seu o Pai, não é um só Deus e Pai de todos, [Efésios 4:4].

A paz é uma linda virgem, amada por muitos, louvada por todas as línguas, o objeto de todos os olhos, o desejo de todos os corações. Ela tem um olhar sorridente, que nunca faz a mínima carranca de ira; suave e mansa, e mais alva que as penas dos cisnes, sempre receptiva aos abraços piedosos. Sua mão carrega um ramo de oliveira, o símbolo e emblema da quietude.

Ela tem o rosto de um anjo glorioso, sempre procurando pela justiça, como os dois querubins olhando um para o outro, e para o propiciatório. Sua coorte é o forte invencível da integridade; assim guardado pela providência divina – tambores, trombetas, e canhões trovejantes, esses instrumentos de guerra, (isto é, blasfêmia, discórdia, violência) podem afrontá-la, mas nunca assustá-la. Ela tem uma mão generosa, virtuosa como a veste de Cristo; se uma alma fiel vier a tocá-la, beijá-la, toda a sua vexação é extinta, sua consciência fica em repouso. Suas entranhas estão cheias de compaixão, ela está sempre preparando unguentos para todas as feridas de um coração partido.

Sedição e tumulto sua alma odeia, ela pisoteia lesões e discórdias sob seus pés triunfantes. Ela se senta num trono de alegria, e usa uma coroa de eternidade, e para todos aqueles que lhe abrem a porta do seu coração para oferecer boas-vindas, ela vai abrir a porta do céu para lhes dar também as boas-vindas, e dar descanso às suas almas em paz eterna.

Nestes nossos dias contínuos de cão, quando o amor esfria, e os conflitos esquentam, temos necessidade de afinar os nossos instrumentos para a melodia de paz. Esta foi a herança bendita que Cristo legou à sua igreja; o apóstolo a recebeu de seu Mestre a enviou aos Coríntios, e eu, recebendo do apóstolo a recomendo como uma jóia para todos os cristãos: vivam em paz, e o Deus do amor e de paz estará com vocês.”…
___________________________________________________________________
Thomas Adams – The Works of Thomas Adams, Volume 2 (The City of Peace)
Tradução: Silvio Dutra
Fonte: Retorno ao Evangelho Verdadeiro
Outras obras AQUI